SEMINÁRIO INTERNACIONAL DA REDE CASLA-CEPIAL: Territórios, Conflitos Socioambientais, Segurança e Soberania Alimentar na América Latina


Para celebrar o lançamento da Coleção Editorial Bilingue “Semeando Novos Rumos – Sembrando Nuevos Rumbos, fruto da parceria entre a Rede CASLA-CEPIAL e a Editora da UFPR, a rede organiza no dia 16 de junho de 2016, um evento internacional de três dias dedicados às temáticas “Territórios, Conflitos Socioambientais, Segurança e Soberania Alimentar na América Latina, abordadas nos três dos primeiros seis títulos da referida coleção bilíngue.

O Seminário terá continuidade nos dias 17 e 18 de junho, com mesas de debates com alguns dos autores dos livros, com um workshop, de Diálogo entre diversos atores, reunindo pesquisadores, representantes de organizações sociais e comunitárias de populações tradicionais e do ministério público. Grupos de Trabalhos acadêmicos  serão constituídos para discutir os três temas abordados pelas obras a serem lançadas:

1) SABERES, PAISAGENS E TERRITÓRIOS RURAIS DA AMÉRICA LATINA (Org. Narciso Barrera-Bassols e Nicolás Floriani);

2) AMÉRICA LATINA: SOCIEDADE E MEIO AMBIENTE – TEORIAS, RETÓRICAS E CONFLITOS EM DESENVOLVIMENTO (Org. Dimas Floriani e Antonio Elizalde);

3) SOBERANIA E SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL: SUSTENTABILIDADE NA AMÉRICA LATINA (Org. Islandia Bezerra e Julian Perez).






PROGRAMAÇÃO DO EVENTO




* Dia 16/06/2016 – Quinta-feira *

* 9:00 as 10:30 h

Lançamento da Coleção bilíngue da REDE CASLA-CEPIAL: ‘Semeando Novos Rumos’ – ‘Sembrando Nuevos Senderos’ –

* 10:30 as 11:00 h

Apresentação de Documentário sobre sua história, balanço das atividades, objetivos e continuidade da REDE CASLA-CEPIAL

* 11:00 às 12:00 h

Exposição dos 3 livros para autógrafos e vendas
Apresentação musical de grupo musical formado por migrantes da FAP.

* 14:00- 16:00 h

Mesa Redonda com autores do livro: SABERES, PAISAGENS E TERRITÓRIOS RURAIS DA AMÉRICA LATINA (Org. Narciso Barrera-Bassols e Nicolás Floriani): 

Autores: Nicolas Floriani (UEPG-PR)– Adnilson Almeida Silva (UNIR-RO) – Javier Tobar (UNICAUCA-Colômbia) – Jorge Montenegro Gomez (UFPR)

* 16:00- 18:00 h

Mesa Redonda com autores do livro: AMÉRICA LATINA: SOCIEDADE E MEIO AMBIENTE – TEORIAS, RETÓRICAS E CONFLITOS EM DESENVOLVIMENTO (Org. Dimas Floriani e Antonio Elizalde):

Autores: Dimas Floriani (UFPR – REDE CASLA-CEPIAL) – Antonio Elizalde (Revista POLIS – Santiago) – Geraldo Milioli (UNESC) – Izes Regina de Oliveira (Arquiteta) – Joaquim Shiraishi Neto (UFMA) – Francisco Casiello (PUC-Rosário-Argentina) – Rosirene Lima (UEMA) – Fernando de la Cuadra ( U. Estácio de Sá – Fortaleza).


* Dia 17/06/2016 – Sexta-feira *

* 8:30 – 10:30 h

Mesa Redonda com autores do livro: SOBERANIA E SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL: SUSTENTABILIDADE NA AMÉRICA LATINA (Org. Islandia Bezerra e Julian Perez):

Autores: Silvia do Amaral Rigon – UFPR/Curitiba – Rubia Giordani – UFPR/Curitiba – Islandia Bezerra – UFPR/Curitiba – Julian Perez-Cassarino – UFFS-Laranjeiras do Sul

*10:30 – 12:30 h

Oficina : Diálogo entre Pesquisadores, Ministério Público e Representantes de Organizações Sociais Comunitárias de Populações Tradicionais do Paraná, Chile e Colômbia com participantes da Câmara Jurídica Internacional da Rede CASLA-CEPIAL

Representantes nacionais e internacionais: Gladys Renée de Souza Sanchez e Fabiola Colle (CASLA e CASLAJUR) – Joaquim Shiraishi Neto (UFMA) –

Representante dos Pescadores Artesanais do Paraná – MPP e MOPEAR – Representante do Povo Mapuche do sul do Chile, Representantes da Comunidade Misak (Pueblos Originários) do Sul da Colômbia.

Lista de participantes-debatedores na Oficina:

– Gladys Rennée de Souza Sanchez (Coorden. Geral Rede Internl Casla-Cepial) 
– Fabíola Colle (Coordenadora da Câmara Jurídica da Casa Latino-americana) 
– Joaquim Shiraishi Neto (UFMA) 
– Katya Isaguirre (UFPR) 
– Marcelo Passos (AOPA – PR) 
– Manuel Julio Tumiña (Representante Misak-Colômbia) 
– Nancy Lorena Obando Villota (UNICAUCA) 
Dauto Silveira (PGSOCIO- UFPR) 
– Jorge Ramon Montenegro Gomez (GEO-UFPR) 
– Rosirene Lima (UEMA) 
– Dircéia Pereira ( Comunidade Ponta Oeste – PR) 
– Cleonice Silva do Nascimento (MPP – Pr) 
– Ariadne Casas (Comunidade do Guapê – PR) 
– Gelson Luiz de Paula (agricultor agroecologista) 
Cláudio de Araújo Nunes (MOPEAR -PR) 
– Maria Fernanda Cherem (PPGMADE-UFPR) 
– Amantino Sebastião de Beija (Articulação Puxirão de Povos Faxinalenses) 
– Olympio de Sá Sotto Maior (Colégio de Procuradores de Justiça– PR)
– Fernanda Popoaski (Secretaria da Cultura, Irati-PR)
– Fernando de Mattos (Procurador do Ministério Público – PR) 
– Marciano Rodriges (Arpinsul)
– Saint-Clair Honorato Santos (Colégio de Procuradores de Justiça – PR) 
– Fernando da Silva Mattos ( Promotor de Justiça do Ministério Público – PR) 
Antonio Haliski (IFPR-Litoral) 
– Ezequiel Westphal (IFPR) 
– José Puñanco Venegas (Serviço de saúde e representante do povo Mapuche) – Douglas Jacinto de Rosa (representante Kaingang)



*14:00 – 16:00 h

Continuidade da Oficina Diálogo entre Pesquisadores, Ministério Público e Representantes de Organizações Sociais Comunitárias de Populações Tradicionais do Paraná, Chile e Colômbia com participantes da Câmara Jurídica Internacional da Rede CASLA-CEPIAL

*16:30 – 18:30 h

– Reunião de Trabalho da Rede Internacional CASLA-CEPIAL
Local: Sede da Casa Latino-americana (CASLA)

Pauta da Reunião de Trabalho da Rede:
– Balanço sobre as atividades em andamento, desde janeiro de 2015 do IV CEPIAL (Universidad de los Lagos – Osorno) e do Seminário Tramas y Mingas para el Buen Vivir de outubro de 2015 em Popayan Colômbia (Universidad del Cauca). Atividades de coordenação da Casla.
– Perspectivas para o V CEPIAL em Pasto, Colômbia, em julho de 2017: desafios e definições das atividades preparatórias, estratégias de mobilização e de envolvimento para o congresso.
– Enfoque sobre os principais projetos em andamento, sua continuidade e hierarquização de prioridades, além dos engajamentos atuais e potenciais para a Rede Casla-Cepial.


* 18:30 – 21:30 h 

– Apresentações de Trabalhos:

GT1) AMÉRICA LATINA: SOCIEDADE E MEIO AMBIENTE – TEORIAS, RETÓRICAS E CONFLITOS EM DESENVOLVIMENTO;
GT2) SABERES, PAISAGENS E TERRITÓRIOS RURAIS DA AMÉRICA LATINA;
GT3) SOBERANIA E SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL: SUSTENTABILIDADE NA AMÉRICA LATINA;

GT4) POPULAÇÕES VULNERÁVEIS, GÊNERO E EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA NA AMÉRICA LATINA.

Prazo para a submissão dos trabalhos: 20 de maio de 2016.

Modalidade de Trabalhos: Resumo Expandido

Apresentação: expositiva em grupo de trabalho.

Normas para o Resumo Expandido e Apresentação: O texto a ser redigido deverá conter entre 3 a 5 páginas, dividido pelos tópicos: Resumo e Resumen (parágrafo único, fonte arial 10, espaçoamento entre linhas de 1,0, alinhamento justificado, até quatro palavras-chave); Autor(es) (até quatro autores, constando em nota de roda-pé: última formaçãoos respectivos vínculos institucionais e e-mails); Problematização; Desenvolvimento (nesse item devem constar argumentações lógicas baseadas em referências teóricas, citadas conforme as normas da ABNT); Resultados Alcançados (ou Esperados); Considerações; Referências (a citação das referências deverá basear-se nas normas da ABNT). O tipo e tamanho da fonte: Arial 11, espaçamento entre linhas 1,15. Salvo em formato odt ou doc.
  




* Dia 18/06/2016 – Sábado


* 9:00-12:00 h

– Encerramento do Seminário:
Conferência Internacional com o sociólogo chileno ANTONIO ELIZALDE HEVIA.

No contexto da colaboração da Rede Internacional Casla-Cepial com a UFPR e particularmente com o Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento (PPGMADE-UFPR), o debate girará em torno do pós-desenvolvimento e os desafios para uma sociedade sustentável à escala humana, com Antonio Elizalde Hevia, um dos criadores do conceito de desenvolvimento à escala humana, no Chile, e editor-chefe da renomada Revista POLIS de Santiago. http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_serial&pid=0718-6568&rep=&lng=pt


Público Alvo:

Estudantes de graduação, estudantes de pós-graduação, lideranças comunitárias, representantes de ONGs, Ministério e Defensoria Pública, pesquisadores, interessados em geral.
Previsão de Público: 200 participantes


Taxa de inscrição ao Seminário: 

A Cerimônia do lançamento é gratuita. Para os estudantes, professores, pesquisadores e outros interessados, será cobrada uma taxa de inscrição de R$130,00 (Apresentação de Trabalho) e R$ 50,00 (Ouvinte) com direito a certificado de participação em evento internacional, constando a programação geral do seminário e o número de horas (20 horas). Estão isentos do pagamento da inscrição representantes de comunidades e populações tradicionais.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *