REUNIÃO DA UNITINERANTE RESULTA EM PROPOSTAS DE FORMAÇÃO DE PARLAMENTOS LOCAIS NA REGIÃO DOS CAMPOS GERAIS DO PARANÁ

Nesta ultima sexta-feira, dia 16 de agosto de 2019, A Casa Latino-americana (CASLA) em conjunto com a Prefeitura Municipal de Rebouças promoveram a Terceira Reunião do Parlamento Unitinerante – Parlamento da Universidade Itinerante dos Direitos Humanos, da Natureza, pela Paz e Bem Viver, que ocorreu no âmbito do Evento Pré-Cepial 2019, intitulado “Por um Novo Parlemento: diálogos entre comunidades, universidades e agentes públicos”.




O ambiente de troca saberes e de sonhos futuros vivenciado na cidade de Rebouças por ocasião de quatro eventos regionais foi traduzido pelo Prof. Dr. Nilson Fraga (UEL), palestrante convidado para a 17a Feira Regional de Sementes Crioulas e da Agrobiodiversidade e também para a Reunião da Unitinerante. De acordo com o pesquisador:

“…Imaginem a pequena cidade de Rebouças, no interior do Paraná, com menos de 15 mil habitantes, realizando, entre os dias 16 e 18 de agosto de 2019, cinco eventos simultaneamente, todos eles ligados aos direitos civis de povos e comunidades que sonham em um mundo melhor, na paz e na justiça social. Isso faz dessa cidade paranaense, a Capital Brasileira da Resistência e do Modo de Vida de Comunidades Tradicionais. Estamos vivendo aqui, nesse dias, um pequeno, e mais do que digno, Fórum Social Brasileiro, embebecido com os ensinamentos populares. E, como bem disse o Monge João Maria: A terra é nossa mãe. A água é o sangue da terra-mãe. E eu digo: um outro mundo é sempre possível, que seja o mundo da felicidade, sonhado pelo povo caboclo do sertão paranaense e catarinense”.



Incorporando o espírito democrático vivido pela cidade de Rebouças por ocasião do Pré-Cepial 2019, do 2º Encontro do Meio Ambiente, da 17° Feira Regional de Sementes Crioulas e da Agrobiodiversidade, do 2º Seminário Regional Sobre Alimentação Saudável e Consumo Consciente –  a Câmara de Vereadores do Município configurou-se em um espaço de diálogo entre 23 instituições regionais no intuito de pensar estratégias para a constituição de Parlamentos Unitinerantes Locais.

Destaca-se que os Parlamentos Unitinerantes configuram-se como instâncias consultivo-deliberativas basilares do Projeto, formadas por Representantes de Comunidades, Universidades, Agentes Públicos e Organizações sociais, a partir das quais emergem novos arranjos institucionais em escala local e regional capazes de viabilizar projetos de desenvolvimento local de comunidades rurais e urbanas em situação de risco e insegurança socioambientais.

A Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado do Paraná (SETI-PR), apoiadora do Projeto Unitinerante, fez-se presente na reunião, representada pelos Professores, Dr. Marcos Pelegrina (UNICENTRO) e Prof. Dr. Nicolas Floriani (UEPG); o Instituto Ambiental do Paraná, pela Dra. Margit Hauer e o Dr. Francisco Adyr Giberto Filho; representando a Superintendência Geral de Diálogos e Interação Social (SUDIS), a Sra. Elizete Bacil.

Da parte do Poder Público Municipal, participaram da reunião o Prefeito de Rebouças, Sr.Luiz Everaldo Zak, o Prefeito de Imbituva, Sr. Bertolodo Rover, que elogiaram a iniciativa e acenaram positivamente para o Projeto Unitinerante, destacando representantes diretos para a constituição dos Parlamentos Locais.



A Secretária Municipal de Ação Social de Irati, Sra. Siebel Dietrich, e o Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Rebouças, Sr. Laércio Antonio Cipriano, mostraram-se solidários à propostas de constituição de Parlamentos Unitinerantes nas suas respectivas cidades. A historiadora imbituvense e doutoranda em geografia da UEPG, Sra. Cleusi Bobato, foi destacada pelo prefeito de Imbituva como representante do poder público municipal no Parlamento local de Imbituva. 

Por parte das Universidades paranaenses, as seguintes instâncias acadêmicas se fizeram presentes: a Reitoria da UEPG, representada pelo assessor de gabinete, Prof. Dr. Milton Anfilo; o Diretor de Extensão e Cultura da UNESPAR, Prof. Dr. Marcelo Bourscheid; a Pró-Reitora de Extensão e Cultura da UNIOESTE, Profa. Dra. Sandra Regina Belotto e a Diretora de Extensão e Cultura, profa. Dra. Adriana de Mello; a Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Comunitário da UNICENTRO, Profa. Dra. Cristina Ide Fujinaga, o e prof. Dr. Alcir Humberto Rodrigues; , o Prof. Dr. Dimas Floriani, representando o Programa de Pós-graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento (MADE-UFPR); o Programa de Pós-graduação em Geografia da UEPG, representado pelo Prof. Dr. Almir Nabozny e pela Profa Dra. Maria Ligia Cassol Pinto; a Incubadora de Empreendimentos Solidários da UEPG, representada pelo Prof. Dr. Celbo Antonio Fonsceca Rosas (DEGEO); as acadêmicas Msc. Lucimara Nabozny, a Eng. de Alimentos Fernanda de Arruda Paes e a graduanda de Geografia, Ingrid Aparecida Zambilo, representando o Grupo de Pesquisa e Extensão Interconexões (UEPG/CNPq); os acadêmicos da UEPG, integrantes da IESOL, as Senhoras Tatyane Palacio Hilgemberg, Bianca Almeida Girardi, Luiza Lourenço Nunes Bemax e o Sr. Alesson P.L. Mendes.






O Consórcio Intermunicipal de Saúde (CIS/AMCESPAR) também fez-se presente  pelo Sr. Luis Fernando Zanon de Almeida; o Centro de Educação e Desenvolvimento dos sistemas Tradicionais de Erva-mate (CEDERVA), representado pelo Sr. João Francisco Miró; a Sra. Shayane Lachman e o Sr. Vilmar Zanon representando a APAE local; a Sra. Lediane M. L. Carraro, o Instituto Equipe de Educadores Populares (IEEP); os Senhores Michel Killer e o benzedor Pedro de Deus representando o Movimento Aprendizes da Sabedoria (MASA); o Sr. Leopoldo Toledo, presidente da Associação de Moradores do Faxinal Marmeleiro de Baixo e o Faxinalense Sr. João Iranildo Toledo; Sr. Arildo Portela presidente da Associação dos Moradores da Comunidade Remanescente de Quilombolas do Palmital dos Pretos; Sr. Benjamin Vieira Marques da Comunidade de Sete Saltos de Cima; os Faxinalenses da Comunidade do Sete Saltos de Baixo, Sra. Ena Rosa dos Santos Vieira e Sr. Antônio dos Santos Vieira; representando o Centro de Estudos e Treinamento em Agroecologia (CETA), Sr. Antônio Ostrufka; a Associação Solidária de Agroecologia de Ponta Grossa (ASAECO), representada pela Sra. Aparecida F. M. Teixeira, representando a Casa Latino-Americana estavam presentes a Dra. Gladys de Souza Sanchez e a Eng. Cartógrafa Cynthia Costa Cortes Patrício.

A Reunião coadunou na proposta de formação dos quatro primeiros Parlamentos Unitinerantes Locais do projeto: o Parlamento Unitinerante do Município de Imbituva e o Parlamento Unitinerante do Município de Rebouças, o Parlamento Unitinerante Local do Município de Irati, o Parlamento Unitinerante Local do Município de Ponta Grossa, formando o Parlamento Unitinerante Regional dos Campos Gerais. Estas instâncias locais  debaterão temáticas relativas ao tema “Bem Viver, Saúde e Desenvolvimento Local”, buscando – por meio de metodologias inter e transdisciplinares realizar diagnósticos e planos de ações participativos, a fim de trazer alternativas e soluções conjuntas às comunidades representadas.



No tocante à agenda da Unitinerante, para o dia 13 de setembro de 2019, ficou acordada a primeira reunião do Parlamento Unitinerante Local de Ponta Grossa, onde se reunirão a Associação Solidária de Agroecologia de Ponta Grossa (ASAECO), representantes da Comunidade Quilombola do Palmital dos Pretos e Faxinalense Sete Saltos de Baixo, a Casa Latino Americana, a Incubadora de Empreendimentos Solidários (IESOL-UEPG), o Grupo de Pesquisa e Extensão Interconexões (CNPq-UEPG), o Programa de Pós-Graduação em Geografia (UEPG), representantes dos departamentos das áreas de Saúde, Ciências Sociais e Jurídicas da UEPG, bem como Ministério Público do Paraná, IAP e Prefeitura Municipal de Ponta Grossa.

0 comentário em “REUNIÃO DA UNITINERANTE RESULTA EM PROPOSTAS DE FORMAÇÃO DE PARLAMENTOS LOCAIS NA REGIÃO DOS CAMPOS GERAIS DO PARANÁ”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *