1ª OFICINA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO EM AGROECOLOGIA

No dia 07 de Fevereiro de 2021, o grupo do projeto NEA Territórios Faxinalenses (Núcleo de Estudos e Capacitação Sociotécnica em Agroecologia) se reuniu nas localidades de Imbituva-PR, em uma das filiais da COODESAFI (Cooperativa de Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Familiar de Ivaí) para a 1ª Oficina de Formação e Capacitação em Agroecologia.

Filial da COODESAFI em Imbituva-PR

Grupo do Projeto NEA

Contamos também com a presença da Secretária de Agricultura do Município do Guamiranga: Cristiane Tabarro Borgo.

A oficina foi iniciada com uma conversa para esclarecer os seus objetivos, também para fazer algumas apresentações que se faziam necessárias.

Em seguida a Professora Telma Regina Stroparo, membro do grupo NEA e doutoranda do Programa de Pós-graduação em Geografia da UEPG, nos falou sobre a OCS (Organização de Controle Social). A professora/doutoranda nos explicou o que é uma OCS e também para que esta serve, além dos passos de como fazê-la.

Posteriormente, a Professora Cleusi T. Bobato Stadler, também membro do grupo NEA e doutoranda do Programa de Pós-graduação em Geografia da UEPG, deteve a palavra para expor sobre a caderneta de campo da família agricultora e também sobre um calendário de visitas. A professora/doutoranda falou também sobre algumas práticas tradicionais e sobre a troca e reprodução das sementes crioulas.

Caderno de anotações de Janete Leite – UR Faxinal dos Galvão

Posteriormente, o Professor Gustavo Bahr, também membro do grupo NEA e doutorando do Programa de Pós-graduação em Geografia da UEPG, nos trouxe 8 dicas rápidas sobre o Caderno de Plano de Manejo Orgânico de cada propriedade.

O professor Dr. Nicolas Floriani, coordenador do projeto NEA, aproveitou o momento para comentar mais sobre os critérios agroecológicos de produção.

Por fim, esperamos a chegada de Diogo Eler Gasparelo, um menino de 13 anos que participou do Projeto Sementes Crioulas da Escola Municipal do Fax. Dos Galvão,  promovido pela Prof. Maria Janete Leite e Doutoranda Cleusi Bobato Stadler. Pelo seu interesse no resgate e plantio de sementes, que realizou em sua casa, reproduzindo tais Sementes, foi nomeado Guardião Mirim das Sementes Crioulas em Imbituva.

Ficha de acompanhamento do Projeto Sementes Crioulas da Escola Municipal do Fax. Dos Galvão

Diogo Eler Gasparelo – Guardião Mirim das Sementes Crioulas em Imbituva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *